Educação

Hoje, dia 05 de Setembro 2016, reiniciou o ano letivo em Cuba.

Em todo o territóro cubano não haverá uma só criança fora da escola.

Seja ela uma criança brilhante, super dotada, limítrofe ou portadora de algum tipo de limitação de ordem emocional, cognitiva, sensorial ou motora.

Todas serão atendidas e respeitadas dentro de suas características pessoais.

Chamo a atenção para um detalhe curioso: mesmo que no dia a dia o vestuário e os calçados das crianças cubanas não sejam compostos por peças finas e requintadas, quando estão vestidas com o uniforme escolar podemos observar que a elegância predomina.

Parabéns Cuba, por preservar seu passado e valorizar seu futuro !

Anúncios

Lei do Ajuste Cubano

Aproveito para mais uma vez tentar esclarecer uma velha questão que a mídia omite e a maioria dos brasileiros ignora. Vamos lá.

O que aconteceria se os governantes dos Estados Unidos da América criassem uma lei que beneficiassem apenas e unicamente ao povo brasileiro, em detrimento de todo o restante da população do planeta?

Uma lei que concedesse ao povo brasileiro que desembarcasse nos EUA, mesmo sem visto, o direito assegurado de receber gratuitamente moradia, emprego, plano de saúde, alimentação e curso de inglês? E isso tudo durante dois anos, até que seja concedida a cidadania definitiva?

Ou seja, garantia de viver o sonho Americano, só bastando chegar no país? Quantos de nós Brasileiros iriamos?

Pois é. Acontece que essa lei existe, mas não para nós. Chama-se LEI DO AJUSTE CUBANO.

Tenho mesmo que continuar explicando, todos os dias, uma das mais possíveis razões pelas quais Cubanos fogem para os EUA ?

Pergunto novamente: criassem os EUA essa mesma lei para os Brasileiros, quantos de nós não iríamos?

Carta à uma turista Brasileira

Olá Ana Claudia tudo bem ?

Desculpe-me por ter pedido pra te responder por este email, mas uma das grandes dificuldades em Cuba, é a comunicação virtual. Cara, rara e ineficiente. 😉

Esse email “nauta” é liberado apenas para cubanos e estrangeiros com visto de residente (meu caso). É um pouco mais barato e tem a vantagem de poder ser acessado em casa pelo celular.

Bem, vamos as suas dúvidas :

O visto de turista é vendido no aeroporto pela própria empresa aérea no momento do embarque. Sua validade é de apenas 30 dias. Você pretende ficar quanto tempo aqui ?

Os táxis não tem taxímetros. Para sair do aeroporto indo até Centro Havana, o preço fixo é de 25/30 dólares. Não tem ônibus e é bem longe … Tem que ficar alerta com taxistas que superfaturam com turistas.

Evite vir em Outubro, é a temporada dos Ciclones.

Junho, Julho e Agosto faz um calor muito forte, não acho seguro trazer crianças e idosos, não dá pra ficar na rua o dia todo. Muito Sol e só anoitece em torno das 20:30 h.

Cuba tem opções turísticas para todos os gostos e bolsos… Mas tem que ter alguém conhecido para facilitar os contatos. Geralmente,  as agências de turismo tanto do Brasil quanto as de Cuba exploram descaradamente. Tenho relatos de amigos que vieram e pagaram por tudo e por nada, com acréscimos de 150, a 200%.

Vou muito ao Brasil, porque mantenho uma Clínica lá, e vez por outra vou supervisionar.

Antes viajava pela companhia aérea CUBANA DE AVIAÇÃO, que do nada saiu dessa rota. Eram vôos com duração de 9 horas, diretos de Guarulhos para Havana, durante o vôo não serviam nada para comer, nem beber, mas eram bem baratinhos e pontuais.

Agora, como opção, temos a Copa Air e Avianca. Só tenho viajado pela Copa. Já embarquei partindo do RJ, de Guarulhos e de Brasília.

Do RJ, são 7:30 horas até o Panamá, e de lá, mais 3 h até Havana.

As preços variam de acordo com a temporada. Pago entre 1.200 a 2.500 reais.

O ideal é voce se inscrever em sites das companhias de viagens e solicitar aviso das promoções para Havana. Eu me inscrevi na EDestinos, Submarino Viagens e Americanas.com, mas tem outras mais.

Aqui, temos duas moedas e é isso que deixa o turista confuso e inseguro:

  • CUP = peso do povo cubano
  • CUC=  peso do turista, equivalente ao dólar americano. Cada dólar é igual a 25 CUPs. Complicadíssimo p minha cabecinha ;-).

Bem, vamos falar só do CUC, que é o que estrangeiros são obrigados a pagar. Eu chamo de dólar porque do meu bolso sai em dólar ;-). Mas eles chamam de peso convertível, complica mais ainda…

A hospedagem aqui, varia muito tb. Os melhores hotéis familiares em Havana, na minha opinião são o Nacional e o Havana Livre, neles as diárias de solteiro,  com café da manhã custam em torno de 180 a 320 dólares. Existem uns outros intermediários cobrando 100 dólares, mas não confio na procedência dos gringos hóspedes que os frequentam, são meio esquisitos.

O melhor, mais simples e mais barato para quem quer gastar pouco, ter segurança absoluta e conhecer de perto a cultura e o cotidiano do povo cubano, é alugar quartos em casa de famílias credenciadas pelo governo. Se a família não for credenciada, e alugar, é considerado crime ! Super seguro para nós estrangeiros.

Ao desembarcar no aeroporto de Havana, os policiais já vão perguntar seu destino, e vc informará o endereço da família que vai te hospedar. Simples assim…

 A diária nessas pequenas e modestas suites, ficam em torno de 40 dólares. Não cobram por pessoa, mas sim por quarto (habitacion).Sempre é cama de casal e em alguns, existe a terceira cama (solteiro). Se vc vier acompanhada, e dividir esse valor com alguém, sai bem em conta. Algumas dessas famílias servem o café da manhã e cobram 5 dólares.

Eu entretanto sugiro ir tomar o café da manhã do Hotel Havana Livre.(10 dólares), é  um dos melhores cafés da manhã que já tomei em qualquer país que eu tenha ido. Amooooo e costumo ir sempre. Servem muitíssimo bem e para quem come bem, vale por um farto almoço.

Ou,  se quizer conhecer a realidade do povão, sugiro tomar café, suco e pão com ovo, por 0,50 centavos de dólar nos botecos das esquinas. Sem lugar pra sentar e sob a velha Filosofia brasileira ” O que não mata engorda”.vJá me acostumei, e gosto tb rsrs

Atividades culturais em Havana são inúmeras e diversificadas. São 15 museus, e vários cinemas, teatros, cursos de espanhol, artes, galerias de artes, ballet, salsa, rumba,  música clássica, canto lírico, música popular etc etc. Todos os dias e noites terá o que fazer…

São muitos os monumentos históricos, a beleza dos velhos casarios de Centro Havana , as praças. Sem contar com os festivais de arte, música e cinema (dependendo da data).

Agora em Agosto está tendo Festival de Circo, CIRCUBA, com companhias vindas de diversos países, inclusive dos EUA.

Na minha opinião, imperdíveis são:

  • Museu de Belas Artes
  • Museu da Revolução
  • Gran Teatro Alícia Alonso
  • Mercadão de Artesanía
  • Restaurante La Roca
  • Paladar (pensão) São Lázaro onde levaram Obama p almoçar.

Muitos são os restaurantes e bares, uns um pouquinho caros, (10 dólares) e outros tipo pensão bem baratinhos (3 dólares o prato).

O bom (o perfeito, o ideal!) , é ter um guia cubano de confiança. Eles cuidam de tudo, desde a chegada ao aeroporto, táxi, reserva de hospedagem, passeios , visitas aos pontos turísticos, museus, reservas de teatros, etc etc.inclusive como acessar à Internet. ( 2 dólares  p hora).

Esses guias cobram diária de 10 dólares por cada pessoa + alimentação.

Espero ter começado a esclarecer suas dúvidas.

Atenciosamente,

Iolanda

Uma coisa que não deve faltar na maleta de um turista que viaja para Cuba

Quando viajar para Cuba, não se esqueça de comprar lá, ou levar de casa, papel higiênico. Os cubanos, por necessidade e/ou falta de celulose (vide desmatamento), se habituaram a ter pouco acesso ao papel,  incluindo aí o papel higiênico. Após a realização de cada necessidade fisiológica, fazem a higiene com água e sabonete.

Nos primeiros dias, você pode até estranhar, mas em pouco tempo, vai adorar a sensação de higiene perfeita.

Cultura em geral e musica “gringa” em Cuba

Espetáculos musicais e partidas de jogos esportivos são gratuitos para o povo cubano.

Em alguns casos excepcionais podem vir a pagar em torno de cinco  a dez centavos de dólar  por cada ingresso  (cinema, teatros, operas ou ballet)

Agora, musica “gringa” como Rock não era vista com bons olhos desde a Revolução de 1959 mas agora isso também parece estar mudando e até os Rolling Stones fizeram um show em Havana.

Os portões foram abertos para o show e todos tiveram a oportunidade de desfrutar PACIFICAMENTE de um grande espetáculo

Como sugeriu o Papa Francisco quando esteve em Cuba nesses últimos 6 meses: o mundo vai reconhecer que a população Cubana deseja a paz entre todos os países, e que necessita apenas de  mudanças  internas e o fim do embargo para melhorar as condições econômicas, pois é isso que os aflige.

 

É seguro andar sozinho em Cuba?

“Como é a segurança urbana na Ilha?”

Essa é uma pergunta que muitos amigos brasileiros me fazem. Em Cuba, não há riscos de assaltos, roubos e violência. É possível sair de casa a qualquer hora do dia, ou madrugada sem que nada aconteça.

Dizem os cubanos que existem lá “batedores de carteira” e “estafadores” – eu entretanto nunca soube de algum caso concreto. Os casos de brigas entre cubanos geralmente são desencadeados por desavenças por mulher ou jogo de dominó.

No Verão, pessoas ficam sentadas na soleira das portas durante o dia  e até tarde da noite. E lá é verão o ano todo.

Nas pracinhas, onde funciona o serviço de wi-fi, os cubanos ficam completamente à vontade expondo seus aparelhos, sem o menor risco de sofrerem algum tipo de roubo.

 

 

O que está acontecendo em Cuba?

Desde que Pablo e eu nos conhecemos, as mudanças positivas não param de acontecer na Ilha.

“Los Cinco” cubanos, que permaneceram durante 12 longos anos presos injustamente nos EUA, sob a acusação de conspiração e espionagem, foram libertados. Cuba foi retirada da lista de países que apoiam o terrorismo. Onde, na verdade, nunca deveria ter estado.

Num espaço de seis meses, o Papa Francisco visitou Cuba duas vezes.

Também por influência do Papa Francisco, foram dados os primeiros passos para a recente visita do Presidente Obama e sua família à Cuba.

Até 2012, Cubanos não tinham permissão para entrar no saguão dos aeroportos. Vi muitas mães, muitos familiares, tendo que aguardar do lado de fora, sem que tivessem ao menos um banco para sentar.

As cédulas do dinheiro Cubano eram emitidas com valores muito baixos; um grande problema isso. O exemplo dado aqui era que para se comprar uma geladeira, ou algo de valor igual, era necessário levar uma enorme quantidade de notas.

Não havia a possibilidade de se fazer compras com cartão de crédito em Cuba.

Um cidadão cubano comum, não tinha acesso à internet, salvo em situações estritamente profissionais.

Sistema Educacional

O sistema educacional em Cuba realmente é aquilo que daqui se sabe: são muitas e muitas  Creches, (que eles chamam de Círculo Infantil), além  das Escolas Primárias e das Secundárias.

As crianças dos Círculos Infantis e das Primárias estudam em horário integral, praticam esportes, dança ou música instrumental.

Existem também as escolas Pré Universitárias, Universidades,  Mestrados, Especializações e Doutorados. Também existem os cursos técnicos e outros de curta duração, como culinária, fotografia, línguas estrangeiras, jardinagem, “panaderia” (padeiro) e outros que nem lembro. Tudo sem custo algum para a população.

Não existem escolas particulares, nem uma escola que seja melhor ou pior. Todos, sem distinção, recebem o ensino de sua escolha com alto padrão de qualidade. As creches e as escolas Primárias são sempre pequenas, e são compostas por turmas pequenas também.

Só as Secundárias funcionam em prédios grandes, mas ainda assim as turmas são sempre pequenas.

Muitas pessoas me perguntam como é a educação das crianças que apresentam algum tipo de limitação. Em Cuba, a prioridade são sempre crianças e os idosos, e se a criança é “especial”, ela recebe uma atenção também especial. Muitos profissionais especializados se incumbem de oferecer o melhor para elas. Ainda não sei como, e se trabalham com  inclusão, vou me informar.

Os uniformes escolares são sempre iguais em qualquer escola do país. A cor do uniforme dos alunos os diferencia entre as escolas Primárias e as Secundárias.

O uniforme de todas as meninas e mocinhas  são de Saia-calça, o que lhes dá maior liberdade nos movimentos. Um detalhe curioso e que eu particularmente acho charmoso, é o lencinho que usam no pescoço.

Você pode chegar em Cuba e cruzar com uma criança ou um adolescente Cubano passeando com uma roupa velha ou surrada, mas os uniformes escolares que eles recebem nas escolas  são sempre novos  e impecáveis. No mesmo padrão das nossas melhores escolas particulares brasileiras.

O problema que eu vejo no sistema educacional Cubano é que todos podem e querem cursar Universidade. São formados anualmente inúmeros Engenheiros, Enfermeiros, Pedagogos, Agrônomos, Veterinários, Economistas, Advogados, Jornalistas, Médicos e muito mais. (Em outro momento, vou comentar sobre as escolas de dança e esportes.)

E justamente por isso, falta mão de obra na agricultura. Sem equipamentos, sem maquinários modernos e sem mão de obra, os resultados na Agricultura deixam à desejar.

Nas Universidades estudam, além dos Cubanos, alunos que chegam de 47 países diferentes em busca de formação (muitos são brasileiros). Penso que a procura maior, é pela Faculdade de Ciências Medicas, onde ministram vários cursos da área de saúde.